off-topic

De nada

Anúncios
ditados populares · e-book · economia · provérbios

Lembra do e-book dos provérbios?

Pois é. O Jornal do Commercio, de Pernambuco, fez uma matéria sobre ele. Uma versão ampliada da mesma, feita pelo jornalista Renato Lima, está aqui. Eis um trecho:

Há muito de economia em ditos populares, como “faz a fama e deita na cama” ou “de graça, até injeção na testa”. O que poderia ser apenas uma interpretação isolada ganhou conteúdo e análise pormenorizada através do livro eletrônico “Em terra de cego quem tem um olho é rei: usando a teoria econômica para explicar ditados populares”, organizado pelo doutor em economia e professor da Universidade Católica de Brasília (UCB), Adolfo Sachsida.

“O objetivo é mostrar aos alunos e a comunidade em geral que a teoria econômica é algo aplicável. Não é apenas teoria, mas que ela está aí para resolver problemas práticos do dia-a-dia”, diz Sachsida. A própria idéia do livro surgiu durante uma aula no curso de economia e contou com a rápida adesão de alunos e outros professores. Assim, vários colaboradores pensaram ditados populares e como eles poderiam ser analisados de acordo com o instrumental econômico.

Aliás, este blog do Renato fará parte dos links laterais em instantes…

bancos · Econometria

Dica do Matizes: aprenda a fazer relatórios econômicos dignos

Cheguei a este relatório de um grande banco internacional por conta do Matizes Escondidos. É uma excelente dica ler este documento. Por que? Porque todo aquele preguiçoso que diz que não se lembra de Econometria quando chega ao final do curso perceberá que preguiça tem um custo: o de nunca conseguir se manter em um baita emprego como o do autor do relatório. Há sempre um assim, em qualquer faculdade (e o papo é sempre o mesmo: “eu aprendi, mas já esqueci”…coisa que nunca acontece com sexo…, etc).

Você pode até enganar alguns por algum tempo, mas jamais todos por muito tempo.

bolivarianismo · movimentos sociais · socialismo · socialismo real

Bom livro para você

Você, que chegou aqui procurando “movimentos sociais” ou “socialismo real” (hoje, conhecido como bolivarianismo, graças a Chávez, sr. da Silva e Morales), certamente gostará deste livro. Não, não é a volta do idiota, é a vida de um sujeito que fez o que você queria fazer, mas nunca teve coragem para tanto: fugiu para a Coréia do Norte, o paraíso de Marx.

Recomendo como presente de Natal, mesmo que você tenha fé no materialismo histórico.