aborto · Economia do Crime · Freakonomics

Consistência tende a zero…por que?

Disse o Daniel Piza:

A declaração do governador Nascimento, digo, Sérgio Cabral, de que favelas são fábricas de marginais e de que o aborto é necessário para conter a criminalidade, seria divertida se não fosse desastrosa. A maioria das pessoas que vive em favelas não é criminosa. E a fonte dessa idéia sobre o aborto é o best-seller Freakonomics, cuja consistência tende a zero.

Ok, eu gosto da crítica à hipótese do Levitt. Acho que o argumento dele é interessante, mas tenho dúvidas sobre a generalidade de sua hipótese. Outro dia disse aqui que o Samuel Pessôa faria uma ótima ação ao debate se divulgasse o seu artigo – ele já ficou bem famoso ao defender a hipótese do aborto no “Estadão” baseado neste estudo. O Laurini, por sua vez, foi específico na crítica, focando no método econométrico.

O Daniel Piza tem sempre boas observações sobre a realidade brasileira (nesta mesma edição de sua coluna há uma interessante análise sobre a história brasileira), mas ficou a dever nesta crítica gratuita. Por que é que a consistência da tese do Levitt tende a zero? Piza ficou nos devendo um arrazoado de bons motivos.

Comentários?

3 comentários em “Consistência tende a zero…por que?

  1. Pois é, essa eu queria saber também. A crítica ao livro deveria ser algo tipo “a correlação demonstrada por Levitt está errada por causa disso, disso e daquilo” e não essa saída pela direita.

    Ele é chegado a este tipo de argumentação. Falando sobre a copa do mundo, ele disse:

    “quem acha que eventos assim [a Copa] não são importantes e não trazem benefícios, pois o mesmo dinheiro poderia ir para outras áreas mais carentes, não chegou nem ao século 20.”

    Que tipo de argumento é esse? Se planejamento orçamentário – priorizar os gastos da verba pública – é coisa do século 19 ou anterior, então eu sou das antigas. Se o dinheiro fosse exclusivamente privado, por teria Copa aqui todo ano, mas se a grana é pública, então vamos priorizar sim senhor!

    Parece que ele leu bem os livrinho do Schopenhauer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s