Uncategorized

A culpa é….

dos Bancos Centrais, segundo uma interpretação bem austríaca da montanha russa subprime.

O que é estranho em toda crítica austríaca de ciclos é que os agentes econômicos nunca são racionais e são “enganados” a toda hora pelo governo. Isto é que nunca entendo.

Claudio

2 comentários em “A culpa é….

  1. É que, para a escolas austríaca, agente racional significa nada mais do que agir com propósito. Ou seja, almejar um fim e se utilizar de meios para alcançá-los.
    Ação não-racional não é a ação de uma pessoa burra, ou de uma pessoa que não aprende, ou de um ignorante. É o evento puramente mecânico, no qual não há propósito, finalidade, envolvida (ao menos diretamente, na própria coisa).

    Assim, uma pessoa que, depois depois de anos sem sucesso tentando pescar no mesmo lugar, e consciente de que nada mudou ou mudará, continua a ir para lá na esperança de pegar peixes, é racional. Claro que utiliza meios que não permitirão alcançar o fim desejado. E por algum motivo (burrice, teimosia, etc) continua a crer que esses meios são os adequados.

    Quanto ao governo enganar as pessoas, é perfeitamente possível, especialmente no que diz respeito ao ciclo econômico. O empreendedor vê taxas de juro baixas, resolve aproveitar para começar seu negócio, aumentar sua empresa, etc. Quantas vezes já não se falou de “novo paradigma; o fim dos ciclos!”… mas o crash sempre acaba vindo.
    Outros talvez acham que um crash virá no futuro, mas crêem que conseguirão escapar dele, aproveitando o momento para lucrar.

    É algo semelhante ao controle de preços. Se o governo decretar que o preço máximo do automóvel, a partir de agora, é mil reais, teremos milhões de pessoas nas portas das concessionárias amanhã cedo, na espera de adquirir um carro novo. Mas qualquer economista sabe muito bem que a grande maioira delas não conseguirá comprar carro nenhum.

    Como distinguir entre juros baixos por maior disponibilidade de capital ou por inflação artificial do crédito? Na prática não dá.
    E por isso a maioria continua a agir com base nessas taxas artificiais.
    Não todos, no entanto. Sempre há pessoas que reconhecem uma bolha e evitam-na.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s