Uncategorized

Qual era mesmo o partido da “ética-na-política”?

Esta aqui mostra, pela e-nésima vez, que supor indivíduos maximizadores com funções objetivos individuais não é, de forma alguma, um exagero.

Claudio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s