Uncategorized

O papel do governo

Muitos dizem que é dar credibilidade, por exemplo, através de regulações para o setor privado, sempre tido, a priori, como grande safadão. Entretanto, isto nem sempre ocorre.


A companhia de água de Pequim, sede dos Jogos Olímpicos do ano que vem, anunciou nesta que a água de bica da capital já é potável, o que transformaria a cidade na primeira da China onde se possa beber diretamente da torneira, embora os pequineses ainda não acreditem.

A empresa assegurou que a água de Pequim, armazenada em reservatórios ao norte da cidade, superou 106 testes de qualidade “em linha com os padrões nacionais de água potável”, conseguindo um verdadeiro marco histórico para uma cidade chinesa. O ceticismo, porém, ainda é forte.

Talvez após um documentário de Michael Moore, os pequineses passem a acreditar piamente no contrário.

Claudio

Continue lendo “O papel do governo”

Anúncios
Uncategorized

Mais selvageria

Policiais prenderam quatro jovens de classe média acusados de espancar o salva-vidas Gisvaldo Soares de Macedo, de 24 anos, na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro. Um quinto rapaz teria fugido, de acordo com os policiais do 19º Batalhão de Polícia Militar que efetuaram a prisão e levaram os agressores para a 14ª Delegacia de Polícia (Leblon), na manhã de domingo.

Leia o que disse o xará, há algum tempo, para não cair nas más interpretações que surgirão logo, logo.

Claudio

Continue lendo “Mais selvageria”

Uncategorized

Doha

Embora o governo tente orquestrar a defesa da tese de que não havia alternativa para a política econômica externa brasileira, o fato é que o baque em Potsdam não é de digestão fácil. O Itamaraty perde mais do que outros protagonistas porque não tem nenhum resultado diplomático positivo recente a apresentar. É difícil imaginar que haja grande satisfação com os resultados da diplomacia econômica nos últimos anos. Em tempos recentes parece ter-se tornado regra que a posição brasileira esteja a reboque de parceiros menores e/ou mais radicais com os quais tem interesses muitas vezes conflitantes: Venezuela, Índia e até mesmo a Argentina kirschneriana. Tentar remendar estragos acenando com resultados da integração Sul-Sul é pura embromação para minimizar o fiasco, como bem indicam as pífias listas preferenciais negociadas entre a Índia e o Brasil.

Assim disse o – mais que credenciado para falar sobre o assunto – Marcelo Paiva Abreu.

Finalmente eu leio uma clara exposição sobre os resultados de nossa política externa no âmbito comercial.

Claudio

Continue lendo “Doha”

Desenvolvimento econômico

Hernando De Soto

Trecho:

Under Robert Zoellick, the World Bank can play a role in enhancing the protections afforded to property rights in other countries. In addition to making Hernando de Soto the chief economist for the Bank, as a precondition for loans, the Bank can insist on the implementation of a formal property rights regime aimed at liberating untapped capital. The bank can work with borrower countries to enhance the protection of property rights and the more cooperative borrower countries are in this effort, the more access they might have to World Bank loans. Apart from the general good it will do to give developing countries access to over $9 trillion in capital and to help them put free market policies in place, the Bank has a vested interest in encouraging the furtherance of de Soto’s ideas because untapped capital can be used as collateral to borrow against in seeking World Bank loans and the Bank will experience far fewer problems in encouraging borrower countries to pay back their loans.

A matéria completa você lê aqui.

Claudio

Continue lendo “Hernando De Soto”