Uncategorized

Jurassic Park

Pesquisadores conseguiram decodificar material genético de um tiranossauro de 68 milhões de anos, um feito que, acreditava-se, poderia ser impossível. “Acaba de se abrir uma porta para um campo de pesquisa totalmente novo que envolve qualquer coisa extinta”, disse o curador do Museu Nacional de História Natural do Instituto Smithsoniano, Matthew T. Carrano.

Além disso, a descoberta reforça a idéia de que os pássaros da atualidade são descendentes dos dinossauros.

Embora ossos de dinossauros sejam estudados há tempos, “sempre se presumiu que a preservação não se estenderia ao nível celular ou molecular”, disse a pesquisadora Mary

Higby Schweitzer, da North Carolina State University.

Acreditava-se que algumas proteínas poderiam durar mais de um milhão de anos, mas não as dezenas de milhões que nos separam da era dos dinossauros, declarou ela.

“Isso muda a idéia de que dinossauros e pássaros são aparentados, de hipótese em teoria”. (AE-AP )

Claudio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s