Uncategorized

A justiça para quem precisa….cadê?

Na selva não há bandidagem pois o Ministério Público Federal parece nao ter o que fazer. O Ministério Público Federal acusa Diogo Mainardi do seguinte crime: preconceito contra os nordestinos. Segundo Mainardi o Ministério Público Federal “quer tomar de mim 200.000 reais. E mais 200.000 reais de cada um dos meus empregadores. Meu crime foi ter escrito numa coluna de VEJA:

José Eduardo Dutra fez carreira como sindicalista da CUT e senador do PT pelo estado de Sergipe. Não sei o que é pior”.

Uma dúvida, se alguém diz [ou constata o fato]: “A América Latina é uma merda, ou, a África é uma merda ao quadrado, ou o Timor Leste é uma merda elevada ao cubo”, o Ministério Público Federal vai processar o indivíduo por preconceito contra os latino-americanos, africanos ou timorenses do leste?

Não precisa ser economista para enxergar o óbvio. Mas, no caso, Selva o é.

A Justiça não curte palavras. Palavras ofendem. Deve ser um delito mais grave do que um mensalão na conta bancária.

Engraçado como a hipocrisia destrói os valores das pessoas no longo prazo. Talvez seja mesmo certo dizer que a selva sempre será selvagem. É como disse o Pedro S. Câmara outro dia (de forma elegante, não como a reproduzo, de memoria): “não é sair do Brasil, mané. É o Brasil sair de você”. Isto sim, é difícil.

Claudio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s