Uncategorized

O Exterminador do Futuro vem aí

The world’s first computers whose architecture can adopt different forms depending on their application have been developed by Raytheon.

Dubbed MONARCH (Morphable Networked Micro-Architecture) and developed to address the large data volume of sensor systems as well as their signal and data processing throughput requirements, it is the most adaptable processor ever built for the Department of Defense, reducing the number of processor types required. It performs as a single system on a chip, resulting in a significant reduction of the number of processors required for computing systems, and it performs in an array of chips for teraflop throughput.

Já sei. Alguém vai dizer: tá vendo, o bom é investir em armas nucleares e tal porque isto gera externalidades positivas.

Errado.

Você tem que calcular não apenas o valor das externalidades positivas, mas todos os custos e benefícios associados com a opção militarista. O custo social de uma militarização da sociedade, por exemplo, implica exatamente em que? Ou, para os mais teimosos, a pergunta poderia ser: “quantos mortos em combate valem um computador novo”? A diferença entre pontos-de-vista, neste caso, fica até simples. O outro lado pergunta: “quantos computadores novos deixamos de ter porque temos muitos vivos”?

Ninguém disse que era simples, não é? Agora, cadê os cálculos de custo-benefício desta patota entusiasta de coisas como o “submarino nuclear” ou proposições similares? Economistas pterodoxos não se preocupam com isto: escolhem uma ou duas externalidades, ignoram centenas de outras e, pronto, tá feito um “lobby” de má qualidade, mas adequado a um consumidor pouco versado no tema.

Ah sim, “economista pterodoxo” é um termo que criei. Ele designa todos os auto-denominados economistas que negam o fato de que não existe almoço grátis e, ao mesmo tempo, preferem dizer que seus discursos são menos viesados do que resultados econométricos distintos cotejados sobre critérios estatísticos claros e amplamente divulgados, conhecidos.

Claudio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s