Uncategorized

Eu quero uma mãe de aluguel

Mulher grávida é sinônimo de solução ou problema no mercado de trabalho? Pelo visto, se o governo não criar restrições à atividade, trata-se de uma solução.

Em Pequim, um agenciador contou ao jornal, sem revelar seu nome, que a cada mês procura “mulheres saudáveis” para mais de 30 casais, e a metade dos casos acaba em gravidez.

“Estou satisfeito com o dinheiro, mas estou mais satisfeito com a gratidão dos casais quando têm seus filhos”, disse.

A maioria dos clientes procede da “elite da sociedade”, acrescentou o agenciador. Ele ressaltou que “ajudou” também 10 casais formados por chineses e estrangeiras, em mais de dois anos.

O custo total do serviço é de US$ 25.500. Mas o preço pode aumentar “se a mãe tem boa educação e boa aparência”. Uma universitária pode conseguir, só com a comissão e sem contar as despesas da gravidez, mais de US$ 6 mil ao “alugar” o útero.

Bem, talvez eu alugue uma Sally Yeh para mim. 🙂

Claudio

Um comentário em “Eu quero uma mãe de aluguel

  1. Aparentemente, este tipo de negocio tambem e comum na Guatemala. Antes das criancas nascerem (ou ate mesmo serem encomendadas), o processo burocratico para adocao nos EUA ja esta quase terminado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s