Economia Brasileira

Empreendedores brasileiros e o Plano Real

Depois de anos sem descanso, o empresário cearense Afonso Gonçalves tirou dez dias de férias em janeiro. Do seu sítio, no interior de Minas Gerais, ele acompanha o movimento do seu supermercado pela internet, celular e ou pelo sistema interno de TV. Gonçalves, 43 anos, é dono de um supermercado na periferia de São Bernardo do Campo. Há dez anos, era um vendedor ambulante. ‘Nunca sonhei com isso’, conta o migrante, que chegou a São Paulo no início dos anos 80 com um par de chinelos de dedo e uma mochila nas costas.

O migrante subiu na vida. Até aí, nada de novo. Mas a história de Gonçalves é reveladora de uma transformação silenciosa na periferia do País. Ele é prova de que o capitalismo também está prosperando onde (quase) não existe banco, Bolsa de Valores ou MBAs. No ano passado, o Instituto Fernand Braudel de Economia Mundial detectou o fenômeno sem querer, ao fazer um estudo encomendado pela Nestlé sobre o consumo em alguns bairros pobres da Grande São Paulo.

‘Há progressos totalmente fora do discurso político. Essas pessoas são menos dependentes de programas de transferência de renda do que se imagina’, afirma o economista Norman Gall, diretor-executivo do instituto. ‘O fim da inflação crônica a partir do Plano Real trouxe uma grande redução da pobreza. Há uma combinação de fatores econômicos e culturais melhorando a qualidade de vida dessas pessoas.’

Os pesquisadores do instituto se surpreenderam com o potencial empreendedor em regiões pobres de São Paulo. ‘Descobrimos pessoas que não foram à universidade, mas que são intuitivas, vão atrás de informação e de algum tipo de crédito, mesmo que extra-oficial, para fazer seu negócio crescer’, afirma a economista Patrícia Guedes.

Itálicos por minha conta.

Pergunta do dia: pessoas sem tantos anos de estudo como você são racionais (no sentido econômico)?

Claudio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s