Uncategorized

O papel do Judiciário

Casamento de Marcola está autorizado

Claudio

Continue lendo “O papel do Judiciário”

Anúncios
Uncategorized

O incrível bloqueio que sufoca Cuba

Cuba’s state-run oil company is behind in $69 million of payments to its Canadian partners in a heavy-oil-producing block on the north side of the island, one of the partners said on Wednesday.

Pebercan Inc. (PBC.TO: Quote) said Cubapetroleo SA, known as Cupet, owes it 55 percent, or $37 million, of that amount as spelled out in its production sharing and sales agreements for the concession, Block 7.

Hummm…e o médico espanhol que viajou com equipamento médico espanhol para a ilhota, heim? Socialismo, ética na política, sei…

Claudio

Continue lendo “O incrível bloqueio que sufoca Cuba”

Uncategorized

Jornalistas bravinhos, ANAC e algum cuidado antes de culpar o overbooking

Alguns jornalistas estão mesmo irritados com o governo. Veja estes dois exemplos (até úteis…)

O primeiro:

Só um celular atende: o (61) 8405-8471, do presidente da ANAC, Milton Zuanazzi (aquele que fala dando pulinhos e se sacudindo de um lado para outro). Uma amável secretária anota o recado – e pronto. O celular do ministro da Defesa, Waldir Pires (61) 9645-4913, está na caixa postal. Tente também o (61) 9975-9003, do comandante da Aeronáutica, brigadeiro Luiz Carlos Bueno; e o (61) 9986-1973, do presidente da Infraero, José Carlos Pereira.

O segundo:

Realmente o Ricardo Noblat tem razão ao postar em seu blog nota intitulada “Manda o cara embora, Lula!”, que publico a seguir:

“Esse Milton Zuanazzi, presidente da Anac, é patético. Além de incompetente, é claro. Outro dia acusou a mídia de promover terrorismo gráfico e televisivo com essa história de apagão aéreo. Jurou que não haveria apagão durante o Natal. Há pouco teve a cara de pau de anunciar que a situação “está sendo normalizada” e que o caos não irá se repetir nos feriados de ano novo. Prometeu explicar na próxima semana “exatamente tudo o que houve”. Como se o distinto público não soubesse. Patético, esse cara. Deve o emprego que tem unicamente à condição de filiado ao PT.”

Vou mais longe, o presidente Lula deveria demitir os quatro diretores indicados por barganha política e mandar para o Senado nomes de especialistas em aviação para serem aprovados.

Vejam que o Zuanazzi, em seu currículo, faz um reconhecimento irônico ao DAC ao dizer que “por mais de 70 anos o DAC foi capaz de manter os aviões voando” e uma profecia que “agora a Agência vai trabalhar para lotar os aviões. Os aviões devem voar cheios”.

As frases do trapalhão Zuanazzi espelham que nos tempos do DAC os aviões voavam com regularidade, agora com Anac eles estão lotados, mas não voam com regularidade.

O fim da picada é o governo: (i) culpar o “overbooking” pelo apagão e (ii) achar que “overbooking” é prática “errada”.

Basta se informar com gente que entende do assunto. Eis dois exemplos, aqui e aqui. Se for para bancar o “bonzinho”, o governo deveria mandar prender os passageiros que desmarcam reserva em cima da hora. Não dá para jogar a culpa de tudo que ocorre desde a trapalhada Gol-Legacy na TAM ou no overbooking.

Mais me preocupa é ver que a ANAC não parece ter uma visão mais racional do overbooking. Também me preocupa que um ministro de Estado diga para todos rezarem para a situação se normalizar. E, claro, esta eterna mania da esquerda – que agrada à burocracia, neste caso – de que indivíduos não são importantes. Conseqüência do “Socialismo Empírico” (em contraponto ao “Individualismo Metodológico”)? Uma só: nunca há culpados.

Claudio

Continue lendo “Jornalistas bravinhos, ANAC e algum cuidado antes de culpar o overbooking”

Uncategorized

Sex, Law, and the City

Mulheres modernosas demais podem perder o senso de responsabilidade?

When Robert Steinbuch discovered his girlfriend had discussed intimate details about their sex life in her online diary, the Capitol Hill staffer didn’t just get mad. He got a lawyer.

(…)

While sex scandals turn over quickly in this city, lawsuits do not. Steinbuch’s case over the embarrassing, sexually charged blog appears headed for an embarrassing, sexually charged trial.

(…)

Cutler, a former aide to Sen. Mike DeWine, R-Ohio, says she created the blog in 2004 to keep a few friends up to date on her social life. Like a digital version of the sex-themed banter from a “Sex and the City” episode, Cutler described the thrill and tribulations of juggling sexual relationships with six men.

Agora vamos lá: se você é daqueles que acha que TV faz mal (= pessoas não sabem o que fazem porque são escravas da temível mídia globalizante), o negócio é censurar a TV. Se acha que pessoas devem ter responsabilidades pelos seus atos, barganhe. Sem ou com advogados, preferencialmente nesta ordem.

Já imaginou um economista falando de sua vida sexual? Ia ser um tédio (claro que no meu caso é diferente porque sou um parceiro sexual benevolente, he, he, he).

Claudio

Continue lendo “Sex, Law, and the City”

Uncategorized

A economia da estatização da mídia

A NHK está sob pressão do governo. Alguém se lembrou das recomendações dos chatíssimos economistas? Não.

Ok, nem tudo o que dizemos é para ser adotado como verdade absoluta. Somos cientistas (“sociais aplicados”, é isto?). Agora, ignorar os estudos na hora de fazer política pública sobre o tema é um sinal de que, sim, somos muito iletrados e chegados numa verborragia barroca.

Claudio, sem rebuscamentos.

Continue lendo “A economia da estatização da mídia”

Uncategorized

Órgãos

Eis aí uma notícia sobre compra e venda de órgãos…no Japão. Eu me lembrei de um episódio de Law & Order no qual um pai compra um órgão ou paga um médico para fazer um transplante ilegal em seu filho.

Suzuo Yamashita, 59, whose kidneys had failed, and his common-law wife, Tomoko Matsushita, 60, also a company executive, gave 300,000 yen to a 59-year-old female donor in November 2005 after she provided one of her kidneys to him in a transplant operation the previous September.

The couple, who live in Uwajima, Ehime Prefecture, were also accused of giving a car worth about 1.5 million yen to the donor, who runs a building-leasing business in Matsuyama, last April.

The couple had pleaded guilty and sought leniency, saying they were “desperate” after his kidneys failed and they offered the money and the car in accordance with the demands of the donor.

Na minha opinião, não houve problema neste caso, mas reconheço a polêmica. Eu gostaria de discutir este tema no Brasil, mas sempre encontro preconceitos. Já vi jornalista dizer que não pode publicar artigos sobre o tema porque “isto é um incentivo negativo para as doações”. Para mim é como dizer que noticiar corrupção na política diminui a honestidade dos políticos. Outro ponto comum, mesmo na academia brasileira, é a de revistas que, sem qualquer explicação razoável, dizem que não podem publicar um artigo sobre temas polêmicos (para que serve esta grana que o governo investe na educação superior se não se pode criticar todo e qualquer aspecto de políticas públicas?).

Bem, talvez o pessoal do Organomics goste disto. Ou a Virginia Postrel. Economistas trabalhando com o tema não faltam. Só para uns poucos exemplos, veja este artigo, ou este , este, e, claro, este.

Claudio

Continue lendo “Órgãos”

Uncategorized

Mais uma vez os aviões

Guilherme Fiúza diz:

Alívio na auto-estima dos brasileiros. Aeroportos do primeiro mundo também entraram em colapso no Natal. Faz-se a magia do conforto delubiano: é um horror, mas acontece com os outros também. Que nem o caixa dois.

Há só um detalhe chato. Os mais de 350 vôos cancelados em Londres foram vítimas da neblina. No centro-sul dos Estados Unidos, a origem do caos foi a neve. Numa dessas vigílias em Congonhas, um gaiato lembrou a célebre piada politicamente incorreta, que reproduz uma fala de Deus: o Brasil não tem furacão, não tem terremoto, nem vulcão, mas olha o povinho que eu botei lá.

Sou obrigado a repetir a referência que fiz há um ou dois dias: esta, cujo resumo se encontra aqui.

Mais uma vez eu ressalto: alguém precisa começar a ler estes artigos de especialistas da área. Tyler Cowen se decepcionou com a falta de livros nas mãos dos brasileiros em aeroportos.

Ele está certo.

Claudio

Continue lendo “Mais uma vez os aviões”

Uncategorized

O peso morto do Natal

Mais um daqueles temas que sempre retornam ao meu conhecimento.

DOZENS of ungrateful children put their Nintendo Wiis up for sale yesterday – just hours after getting them for Christmas.

Auction site eBay was flooded with the games consoles at asking prices of £600 – more than treble the retail cost.

E dizem que crianças não são racionais (não é a toa que tem tanto menino mal…criado por aí).

Claudio

Continue lendo “O peso morto do Natal”