Uncategorized

Xará, no ponto

Lula diz que ditadura no Brasil “não foi tão violenta” como no Chile

Como mencionei aqui anteriormente, os passaportes italianos de Lula e D. Marisa lhes serão muito úteis após seu mandato. Lula está cavando um túmulo profundo onde a intelectualha esquerdista irá jogá-lo quando ele perder o poder de liberar verbas. Muitos que hoje fazem de conta aceitar seus comentários contra a esquerda apenas o fazem porque é ele quem tem a chave do cofre. Quando essa chave sair de suas mãos os ataques à sua pessoa virão com o ódio e rancor que todo aquele identificado como direitista já experimentou uma vez na vida.

Xará achou esta boa notícia. Agora quero ver o pessoal da esquerda (e da esquerda anaeróbica) justificar toda aquela bronca contra os que igualavam Pinochet com Castro (o que é bem simples para mim: ambos são ditadores).

Digo mais: Pinochet foi um ditador, Castro foi um ditador. Ponto. Em termos econômicos, o primeiro foi mais inteligente do que o segundo sequer consegue ser (na melhor das hipóteses). Nada disto torna uma tortura ou um assassinato melhor, claro. Mas no longo prazo, a sociedade que ganha mais pode ser a chilena. Como, de fato, aconteceu.

Claro, como um liberal, eu prefiro a democracia com mercados livres. Se eu fosse não-liberal, provavelmente iria querer algum combinação diferente…

Claudio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s