Uncategorized

Se os operadores fossem norte-americanos, eles estariam sem passaportes agora

O país está, realmente, refém…de uma administração sofrível.

O ministro da Defesa disse que os problemas dos equipamentos estão sendo investigados. “É uma coisa que acontece, não acontecia, há anos, mas acontece”, disse Pires, que não acredita em ação criminosa. O comandante da Aeronáutica, por sua vez, reconheceu que os problemas poderão prosseguir nesta quarta-feira, como conseqüência dos atrasos de ontem. Mas informou que as prioridades nas decolagens serão definidas pelas empresas aéreas.

Ao explicar o problema ocorrido nesta terça-feira nos equipamentos de comunicação, que impediram que o Cindacta-1 falasse com as aeronaves, provocando uma paralisação completa do sistema aéreo, o brigadeiro Bueno explicou que o sistema caiu, o equipamento parou de funcionar e, depois, houve uma falha na ligação entre o equipamento e o back up dele, que deveria entrar em operação com a paralisação do primeiro.

Ok, nada contra o gasto público ser remanejado. Mas tem gente que não gosta de “remanejar” e sim de “aumentar o montante”. E, vem cá, o Gol caiu, as investigações mostraram que o problema não partiu de algum mau comportamento dos pilotos do Legacy e, poucos dias depois, começou a greve dos controladores.

Difícil, né?

Mas problemas com o setor são a marca do governo atual. Ou você não se lembra disto?

Claudio

2 comentários em “Se os operadores fossem norte-americanos, eles estariam sem passaportes agora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s