Uncategorized

Competição Solar

A Sol será fabricada no Brasil. É a competição das cervejas…

Claudio

Continue lendo “Competição Solar”

Anúncios
Uncategorized

Ah….

Alongamento é imprescindível antes de atividade física?
por André Pedrinelli (*)

Não existe ainda uma evidência científica absoluta quanto à eficácia do alongamento como fator de proteção das lesões articulares no esporte. O alongamento antes da atividade física faz parte do aquecimento e visa preparar o aparelho locomotor para o exercício. O realizado depois da atividade física recupera o comprimento original do músculo e até melhorando-o, facilitando a realização de novos esforços.

(*) Ortopedista, traumatologista, médico do esporte e chefe do grupo de amputados da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

Claudio

Continue lendo “Ah….”

Uncategorized

A necessidade da separação dos Três Poderes

A superintendente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) no Recife, Maria de Oliveira, pregou ontem uma reforma do Judiciário e uma ação radical do governo federal e do Estado com objetivo de fazer reforma agrária na zona da mata pernambucana, área tomada pela plantação da cana-de-açúcar.

1. Sobre certo uso do termo “razoável”

É razoável que a superintendente tenha opinião própria? Sim. É razoável que um político roube se não for preso? Sim. E assim por diante. Existe um argumento que tenta justificar erros alheios com o bordão “não é razoável que isso aconteça”? No sentido que se usa, sim, é razoável. De certa forma, o mais correto seria: “dado que as instituições permitem a corrupção, Cláudio, você não acha que devemos observar corrupção por aí”?

Claro que sim. Mas o fato de algo existir porque alguém não cumpriu uma promessa de reforma (“é razoável”) não quer dizer que o erro seja razoável.

Posto isto, eu não tenho nada contra a exposição de opiniões: de neo-nazistas a neo-socialistas, não acho que seja um problema dizer o que se pensa dado que dizer não é agressão física.

Por outro lado, imagino o que aconteceria se o Ministro da Ciência e Tecnologia dissesse que, sei lá, os cursos de Computação das Federais deveriam ser fechados (Charles Pilger ficaria louco, rsrs). Falar o que se quer quando se é uma autoridade pública é algo complicado.

Mas vamos assumir que a polêmica não seja o problema principal. Talvez o problema seja: quais as consequências da proposta da superintende, em termos de eficiência da Reforma Agrária? Para pensar no assunto com um mínimo de lógica, precisamos de entender como grupos de interesse agem. Mais ainda, precisamos de alguém que estude isto no Brasil, sem viés.

Neste caso, eu recomendo fortemente que se leia o seguinte artigo: Alston, L., Libecap, G. and Mueller B., 1999, “A Model of Rural Conflict: Violence and Land Reform Policy in Brazil”, Environment and Development Economics, Cambridge:UK, 4:135-160.

Se você conseguir o artigo, leia que vale a pena. E aprenderá um bocado não apenas sobre reforma agrária, mas também sobre a importância dos 3 Poderes no jogo comandado pelo MST e pelos fazendeiros.

Claudio

Continue lendo “A necessidade da separação dos Três Poderes”