Uncategorized

Pobre imprensa

Os jornalistas de hoje não sabem mais usar aspas. Ou não querem. Aí você lê uma chamada como esta e fica a imaginar se o sujeito que bolou o título não saiu da adolescência (do início, claro) ou se acredita mesmo em “bem” e “mal”.

Sem falar, claro, na arrogância ideológica. Tudo o que o sujeito acha bonito é “do bem” (só que sem aspas, note o perigo…) e tudo o que ele não gosta é “do mal”.

Não pode, cara. Não pode….

Claudio
p.s. Esta outra eu comecei a ler por causa do título. Li, reli e ainda não entendi o título.

2 comentários em “Pobre imprensa

  1. O curioso é que alguém poderia dizer “Ah, Claudio, isso é bobagem escrita em um veículo sem a menor relevância intelectual”. Errado! É este tipo de senso comum que ferra com tudo. As pessoas, principalmente os jovens, são bombardeados com esse senso comum 24 horas por dia até que uma mera opinião vira fato incontestável. Na hora de votar, eles vão lá e elegem políticos de esquerda porque, como todo mundo sabe, a esquerda é o bem e a direita é o mal. Bill Gates doa parcelas gigantescas de sua fortuna para caridade e o Bono adora mandar os outros doarem seu dinheiro (exigir que governos doem dinheiro é isso no final das contas). Mas perguntem a qualquer um quem é o maior benfeitor.

  2. a notícia vira senso comum pq a imprensa nao quer noticiar, quer vender.

    é mais fácil vender o bobo fácil de engolir que a informação que requerem uso do tico e do teco simultaneamente

    é a prerrogativa da imprensa enquanto negócio $$

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s