Uncategorized

Vai encarar?

III Seminário de Economia de Belo Horizonte

LOCAL

Escola de Governo – FJP
Av. Brasil, 674
Belo Horizonte – MG

Ibmec – Minas Gerais
Rua Paraíba, 330
Belo Horizonte – MG

PROGRAMAÇÃO

13/09/2006 – Quarta Feira

Local: IBMEC MG

19h – 19h30min – Abertura

* Mesa de abertura do seminário

19h30min – 21h – Conferência de Abertura

* Rogério Furquim Werneck (PUC / RJ): “A Importância da Agenda Fiscal”

14/09/2006 – Quinta Feira

Local: IBMEC MG

08h30min – 10h – Conferência

* Ricardo Brito (IBMEC / SP): “The Macroeconomic Effects of Inflation Targeting in Latin America”

10h30min – 11h15min – Apresentação de Trabalho

* Hilton Notini (EPGE / FGV): “Empirical Evidence on Real Convergence Across Brazilian States”

11h15min – 12h – Apresentação de Trabalho

* Fábio Augusto Reis Gomes (EG / FJP): “A Welfare Analysis of Economic Fluctuations in South America”

14h – 15h30min – Conferência

* Juliano Assunção (PUC / RJ): “Burocracia, Carga tributária, Informalidade e Investimento”

16h – 16h45min – Apresentação de Trabalho

* Cláudio Burian Wanderley (CEES / FJP): “Emancipações Municipais em Minas Gerais: Estimativa de Impactos Sociais”

16h45min – 17h30min – Apresentação de Trabalho

* Mauro Sudano (IBMEC / MG): “Determinantes Macro e Microeconômicos de Remessas de Lucros e Dividendos de Investimento Estrangeiro Direto no Brasil”

15/09/2006 – Sexta Feira

Local: Escola de Governo / FJP

8h30min – 9h15 min – Apresentação de Trabalho

* Raimundo de Sousa Leal Filho (EG / FJP): “Matriz de Probabilidade de Transição por Estimador de Núcleo para as Rendas Relativas das Micro-Regiões de Minas Gerais”

9h15min – 10h – Apresentação de Trabalho

* Márcio Antônio Salvato (PUC Minas): “Disparidades Regionais em Minas Gerais”

10h30min – 12h – Conferência

* Armando Castelar Pinheiro (IPEA): “Uma Agenda de Reformas para a Economia Brasileira”

12h – 12h15min – Encerramento do Seminário

Claudio

Continue lendo “Vai encarar?”

Uncategorized

O pensamento não-convencional e a ciência

Lembra da citação do Ali Kamel que fiz ontem? Pois é. Veja só esta.

A few years ago, a book by William Bowen and Derek Bok paraded various statistics that they interpreted as proving the success of policies of preferential admission of blacks to colleges and universities.

A chorus of praise for this study was heard throughout the media and echoed in academia and among liberal politicians. The study was later cited in a landmark Supreme Court decision on affirmative action.

Not everyone thought this was a great study, however — or even an adequate study. But no one was allowed access to the raw data on which the Bowen and Bok study was based. So no one else could run the numbers for themselves and reach their own conclusions.

Those who sought such data included Harvard professor Stephen Thernstrom, whose long and distinguished record of scholarship included being one of the creators of the Harvard Encyclopedia of American Ethnic Groups. He was refused access to the data.

Viu, né? Thomas Sowell, que é contra as quotas, narra um caso no qual um grande defensor das quotas não conseguiu acesso aos dados de um artigo escrito por outros defensores de quotas.

Periódicos científicos de Economia geralmente pedem que os autores lhes enviem os dados para que os pareceristas se divirtam um pouco: é o tal pensamento convencional, de que fala Ali Kamel. Envolve lógica, estatística e honestidade intelectual.

O que não é isto é chamado de “pensamento não-convencional”.

Claudio

Continue lendo “O pensamento não-convencional e a ciência”

Uncategorized

Rent-Seeking Society – Versão Brasil

Vocês já leram em algum lugar a crítica de que o ProUni era mera transferência de recursos públicos na veia de mantenedoras privadas de faculdades que são autênticas espeluncas? Sim, aqui e no Primeira Leitura. Pois é. A Folha acaba de provar isso na edição desta segunda. Nada menos de 237 cursos considerados insuficientes pelo próprio governo estão cadastradas no ProUni.

Leia o resto aqui. Há evidências do que diz Reinaldo?

Claudio

Continue lendo “Rent-Seeking Society – Versão Brasil”