Uncategorized

Chita, King Kong e a insustentável racionalidade do ser

Se você fosse um homem racional, no sentido econômico do termo, então provavelmente você seria daqueles caras que sai de casa prevenido.

Por exemplo, se você não é tão averso ao risco (o termo mais preciso é averso mesmo), você não sai de casa com guarda-chuva todos os dias. Agora, se for muito averso ao risco, sai de casa com guarda-chuva, provavelmente, todos os dias.

Assim, em média, há pessoas mais ou menos amantes do risco (ou aversas ao risco) e observamos uma diversa distribuição, digamos assim, de guarda-chuvas nas ruas, durante um dia.

Ok, isto é muito “simplista”, “abstrato” e tudo o mais que você quiser – injustamente? – dizer sobre o modelo econômico simples da teoria do consumidor.

Pode ficar bravo conosco, pode xingar, fazer discurso, mas o fato é que até macacos são racionais. Imagino que, se somos mais evoluídos, o que deve acontecer é que consideramos outras variáveis adicionais às nossas decisões. O que não imagino é um ser humano mais evoluído não conseguir mostrar, em ações, o que é que prefere.

Claudio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s