Uncategorized

Sociólogos que contam

Taí um sociólogo que entende bem a diferença entre indivíduos e classes, estratos, castas, networks…

Reproduzo:

In response to another call for a blacklisting/boycott of Israeli, I have written the following letter to leaders of NATFHE – The University & College Lecturers’ Union:

To whom it may concern:
I encourage you and all to not engage in any blacklisting or boycott of Israeli citizens simply because they are from Israel. Otherwise, you would also have to boycott or blacklist me, because I live in the USA (a country whose government has engaged in genocide, slavery and illegitimate wars), I would have to boycott you for living in a nation that once had enslaved much of the world and continues to refuse to recognize the human rights of many peoples and people, and we would all have to boycott one another for similar reasons as well.
Best,
Mathieu Deflem

Não é preciso dizer mais nada, não é? A quem interessa desaparecer com o indivíduo da análise? Bem, em Nurenberg, vários nazistas tentaram jogar a culpa em quem estava morto. Os comandantes dos Gulags se faziam de bobos por causa da tal dialética marxista. A história do mensalão não tem culpados porque, como disse um envolvido, chorando, “achávamos que estávamos fazendo tudo pelo futuro (do socialismo e, portanto, da humanidade)”.

Mathieu Deflem está um passo acima tanto na escala da humanidade quanto da inteligência.

Claudio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s