Uncategorized

Fala, almirante!

O Brasil mergulhou nessa confusão, manifesta em fatos como, por exemplo, a freqüente atribuição da culpa pelos episódios de violência menos a quem desrespeita a lei e mais aos instrumentos legais que devem garanti-la, sistematicamente prensados entre a brutalidade dos praticantes do desrespeito e o vilipêndio sensacionalista. Não foi à toa que, num caso de invasão rural (mídia, 12/11/2003), o Comandante policial desistiu de chegar ao local cujo acesso fora bloqueado, com receio de ser acusado de violência, se insistisse em fazer cumprir a lei. O surrealismo da situação é refletido na frase de um cidadão que, opinando sobre a violência no Rio de Janeiro, declarou que a repressão é um recurso da direita – uma opinião curiosa, à vista da repressão ao desrespeito à lei nos regimes mais à esquerda; teria sido interessante conhecer sua opinião sobre a repressão ao desrespeito à lei na China e em Cuba…


Não discordo
.

Claudio

Um comentário em “Fala, almirante!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s