Uncategorized

Por que a Espanha não reagiu?

…perguntou alguém para mim outro dia, supondo uma habilidade de negociação igual entre nossos governistas e os socialistas da Península. Pois bem, taí a causa. O decreto não os afeta.

Ah, bom.

Claudio

Continue lendo “Por que a Espanha não reagiu?”

Uncategorized

A saúde fiscal está acabando…

De 1999 para cá os crescentes superávits foram obtidos na presença de forte crescimento dos gastos obrigatórios, o que só foi possível porque a carga tributária explodiu e os investimentos foram ao fundo do poço. Por isso é que, agora, passados tantos anos da mesma lengalenga, o processo de geração de superávits crescentes está se esgotando.

Ano de eleições, um governo que não preza pela independência das agências reguladoras ou do Banco Central. E o que mais você achava que iria acontecer? Esta é a má notícia de hoje.

Claudio

Continue lendo “A saúde fiscal está acabando…”

Uncategorized

Eleições na Inglaterra

Se eu não ouvisse rádio, não saberia que ontem houve eleições municipais. Nada de panfletos, cartazes ou discursos inflamados. Nada daquilo que o clichê jornalístico chama de “festa da democracia”.

Eu não voto desde 1989 e acho as diputas partidárias uma chatice similar, em todos os sentidos, às disputas entre torcidas de futebol. Portanto, esse silêncio eleitoral é música para mim. Admito, contudo, que ainda se discute muito política aqui. Meu ideal ainda é a Suiça, aonde, diz a lenda que eu quero acreditar, a maior parte da população nem sabe o nome dos governantes.

Leo.

Continue lendo “Eleições na Inglaterra”