Uncategorized

Bolívia vence a primeira batalha contra a globalização

Governo Lula foi pego de surpresa por medida de Morales

17h19 — O governo Lula foi pego de surpresa pela decisão do presidente da Bolívia, Evo Morales, de nacionalizar os campos de petróleo e gás do país e assumir o controle da maioria das ações das empresas que atuam no setor. Nesta terça, membros da cúpula do governo se reúnem com Lula para debater qual deve ser a reação. Nesta segunda, ainda sem ter detalhes sobre o decreto de Morales, o ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, disse que a Petrobras deverá defender seus interesses. “Me parece que qualquer ato de soberania de um governo que fere os interesses de outros países deveria ser negociado. Acredito que a Petrobrás vai negociar seus interesses pactuados com o governo boliviano”, disse. Procurado por Primeira Leitura, o assessor especial da Presidência da República Marco Aurélio Garcia, um dos estrategistas da política externa de Lula, não quis se manifestar, mas mostrou-se surpreso com a decisão de Morales. Nas últimas semanas, o Brasil vinha tentando negociar com o presidente boliviano um meio termo para as alterações que ele pretende fazer no setor de gás e petróleo. Viu-se que as negociações foram frustradas. — Fábio Santos

Tarso Genro e Garcia estão errados. Viva Evo Morales! Viva a Bolívia bolivariana! Viva os povos nativos do continente! Viva o Social! Viva as tradições locais!

Claudio 🙂

Um comentário em “Bolívia vence a primeira batalha contra a globalização

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s