Uncategorized

Dos mesmos criadores de “o que falta é vontade política das elites”, vem…

Com só 0,55% da meta cumprida, Primeiro Emprego é abandonado.

Agora, vem cá, quem é mesmo o inimigo do “social” (vagamente definido) que o ministro da Fazenda citou em sua última entrevista?

Bons tempos em que criticar uma política do governo era um exercício saudável. Hoje, na era bolivariana, qualquer crítica ao governo é prontamente desqualificada como sendo “da elite”, “anti-social”, “individualista”, etc. Não é que você não encontrasse ouvidos moucos em outros governos, mas neste tem uma quantidade de gente afim de te desqualificar no início do debate como nunca vi.

Eis a prova de que não é só falta de vontade de política que importa.

Claudio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s