Uncategorized

As invasões bárbaras…

Danou-se. Eles estão entre nós.

Graças ao aviso de cardoso nos comentários e o blog Diplomatizando, descubro que a UNB e a UNESP oferecem cursos de extensão em astrologia. Aquela Universidade tem até um núcleo sobre o assunto e o coordenador, que nem lattes tem, produziu essa pérola da pesquisa mal desenhada.
(Ainda tenho a esperança que tudo seja um hoax bem feito. Afinal, nao consegui encontrar nada sobre o tal Álvaro Tronconi, phd em física).
Caramba, isso me dá mesmo nos nervos.

Leo.

Continue lendo “As invasões bárbaras…”

Uncategorized

E Miguel Reale morreu

Meu advogado favorito, Miguel Reale, morreu. Reale foi integralista na juventude, esteve no regime militar e, na velhice, republicou suas obras integralistas para deixar bem claro que nunca deixou de assumir seus erros do passado.

Ao contrário de muita gente, este teve honestidade intelectual até o fim. Para quem não conhece a sua história, recomendo os dois volume de suas Memórias, editada há anos pela Saraiva.

Claudio

Continue lendo “E Miguel Reale morreu”

Uncategorized

A Economia Política do Movimento Estudantil Brasileiro na prática

Petistas e estudantes entraram em conflito nesta quinta, durante a visita do presidente Lula a Sorocaba, no interior de São Paulo. Os estudantes de biologia da Universidade Federal de São Carlos (UFSC), munidos de apitos, queriam protestar contra instalações precárias do curso, que funciona hoje numa universidade particular. Já na estrada que leva ao novo campus, o corpo de segurança da Presidência agiu e tomou os apitos dos alunos. Entraram em cena, então, militantes vestindo camisas da Juventude Petista e da CUT. Em maioria, eles acabaram por cercar os estudantes, intimidando-os e entoando bordões sobre a força dos “peões” contra os “burgueses”. Houve queixas de alunos depois das agressões — alguns levaram pontapés, socos e até sofreram queimaduras com pontas de cigarros. O presidente discursou cercado por grupos que o apóiam. Criticou a oposição e centrou o discurso na economia, sem comentar as denúncias da Procuradoria-Geral da República. Mais tarde, em outro evento, retomou o discurso de que a “elite” persegue seu governo. Veja notas em Política.

Quem diria, heim? Na teoria (que não é a minha), todos eram amiguinhos. Na prática…

Claudio

Continue lendo “A Economia Política do Movimento Estudantil Brasileiro na prática”

Uncategorized

O papel do Governo na Redistribuição de Renda – Brasil do século XVII

Dados de dez paróquias: Candelária (1877), Espírito Santo (1876), Glória (1876), Ilha do Governador (1876), Irajá (1876), Jacarepaguá (1874), Sant`Ana de Cebolas (1870), Santa Rita (1876), São Cristóvão (1874) e São José (1878).

Contém E(scravos), L(ivres), H(omens) e M(ulheres).

Interessante, não? A fonte é o livro “Brasil – disparidades de renda no passado” de Mircea Buescu, APEC, 1979.

Claudio

Continue lendo “O papel do Governo na Redistribuição de Renda – Brasil do século XVII”

Uncategorized

Populismo é isto

Lembro-me de que, na época em que estudos sobre “ciclos político-econômicos” surgiram no Brasil, muita gente ligada ao atual ocupante da Granja do Torto dizia que, ao invés disto ser ciência, era mais uma prova de que as administrações comandadas pelo partido de Palocci eram mais “sérias” e que não havia esta história de “auto-interesse” no partido que se alardeava o “bastião da ética”.

Ok, todo mundo tem o direito de dizer o que quer, o que implica que terá de ouvir não apenas o que lhe agrada, mas também o que não quer.

Bom, aí vai: se isto não é jogar para a platéia, não sei o que é. O que sobressai nesta notícia é que Mantega – o homem que chamou o sistema de metas de “modelinho burro do Ilan” – não mudou nadinha. O que ele está fazendo é apenas falar X, enquanto faz não-X.

Todo mundo tem o direito de ser esquizofrênico. Mas quando a esquizofrenia significa mais sacrifícios de um povo, deveria ser, pelo menos, mais bem justificada. Qual sacrifício? Ué, se você retirou os limites de tributação e gastos, mas manteve a meta de superávit primário, a não ser que tenha um super-crescimento do PIB (sem geração de inflação), estará gerando superávit com mais impostos.

Ou você realmente acha que o governo vai cortar gastos em ano de eleição? Ética? Ética não conta, cara. O que conta é o respeito às instituições. Bom, os caras violaram o sigilo bancário de um caseiro. Por que eu deveria ser otimista?

Claudio
p.s. a CPI da Terra, esta, não deu em nada, né? Sigilo de caseiro pode, de invasor, não. Bela justiça…

Continue lendo “Populismo é isto”