Política monetária

O BC diz que segue a Regra de Taylor “A”, mas o mercado crê na Regra de Taylor “B”

Não adianta chorar. Credibilidade não surge do nada. No caso do Banco Central, a forma como ele se comunica com o mercado é vital. O pequeno artigo de Robson Rodrigues Pereira – baseado em sua dissertação de mestrado – aprofunda um pouco mais a questão. Não conheço o rapaz, mas devo parabenizá-lo: ao invés de ficar sentado, pensando no problema de que os dados não existiam, ele pôs-se a trabalhar e me saiu com um questionário para o mercado, sobre o Banco Central Brasileiro (BC ou BCB). Os resultados são interessantes e aí vão alguns deles (a média é de 6.92).

Acima da média

1. “tem comprometimento com a estabilidade de preços” (8.51)
2. “possui uma equipe com elevado grau de expertise” (8.23)
3. “é comprometido com transparência” (7.18)
4. “adotou as práticas mais modernas de gestão da política monetária” (6.92)

Abaixo da média

5. “tem autonomia em relação às esferas políticas de poder”(6.54)
6. “tem preocupações com a flutuação do nível de produto/atividade” (6.03)
7. “toma decisões coerentes com a sinalização previamente emitida aos mercados” (5.87).

Conclusão: se o BC segue alguma regra de Taylor, pode até fazê-lo com competência e dizer que o faz com pesos idênticos para a meta de inflação e de hiato do produto. Mas não está convencendo muito não…

A propósito, amanhã tem COPOM…

Nota: Os dados originais estão em um texto neste link.

Claudio

11 comentários em “O BC diz que segue a Regra de Taylor “A”, mas o mercado crê na Regra de Taylor “B”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s