história econômica

Isto é que é funcionário exemplar… (primeiros resultados da leitura de “Gulag”)

Você conhece Naftaly Frenkel? Eis um exemplo de um homem que ascendeu na carreira burocrática por mérito próprio.

O link acima, da Wikipedia, não faz jus à fama do sujeito. O melhor é ler sobre ele no Gulag, de Anne Applebaum.

Veja só esta: A lenda diz que, ao chegar lá [no campo de prisioneiros…como prisioneiro], ele ficou tão horrorizado com a má organização, com o desperdício puro e simples de dinheiro e mão-de-obra, que sentou e escreveu uma carta muito ao ponto, descrevendo de maneira precisa o que estava errado com cada uma das atividades econômicas locais, entre elas a silvicultura, a agropecuária e a olaria. Pôs a carta na “caixa de reclamações” dos presos, onde ela chamou a atenção de um administrador que, por sua vez, a enviou como curiosidade para Genrikh Yagoda, o chekista que então subia rapidamente na burocracia da polícia secreta e acabaria por tornar-se líder dela. Consta que Yagoda teria exigido conhecer de imediato o autor da carta. De acordo com um contemporâneo (e com Soljenitsin, que não explicita nenhuma fonte), o próprio Frenkel afirmou que, em certa altura, foi levado às pressas para Moscou, onde teria discutido suas idéias também com Stalin e um dos sequazes deste, Kaganovich. É aí que a lenda fica mais nebulosa: embora os registros realmente mostrem que Frenkel se encontrou com Stalin nos anos 1930, e embora tenha sido protedigo por esse último durante os expurgos no PArtido, ainda não se achou nenhuma comprovação de uma visita na década anterior. Isso não quer dizer que ela não tenha acontecido – pode muito ser que os registros não tenham perdurado. [Gulag, p.74-5]

Moral da história: Sempre ganha quem faz a sugestão certa, na hora certa…mesmo que o chefe seja um ditador sangüinário…

Claudio

Continue lendo “Isto é que é funcionário exemplar… (primeiros resultados da leitura de “Gulag”)”

Humor

Gay por opção…financeira

Esta é muito boa.

Trecho: Entre espantos e brincadeiras de amigos, os dois homens anunciaram em um bar de Toronto o enlace matrimonial, deixando claro o motivo: a possibilidade de aproveitar a redução dos impostos concedidos no Canadá pelas leis matrimoniais.

Moral: incentivos importam…mesmo!

UPDATED (MAIS HUMOR): Isso sim, é cultura.

Claudio

Continue lendo “Gay por opção…financeira”